NOVOS MISSIONÁRIOS E MISSIONÁRIAS  CHEGAM A LOECHES ESTE VERÃO DE 2022

por | Jul 1, 2022 | Sin categoría | 0 Comentarios

Comparte:

Como todos os anos, celebramos com alegria a chegada de novos membros da Fraternidade que se juntam à comunidade estudantil em Loeches para iniciar ou continuar a sua formação académica.

Sim, como leu, alguns vêm do Curso de Formação (Noviciado) nos seus respectivos países para iniciar os seus estudos de Filosofia, mas outros regressam a este Centro após algum tempo apostólico-pastoral para continuar os seus estudos de Teologia.

Nesta ocasião, temos o prazer de partilhar convosco que iremos receber cinco missionárias: Yolanda e Verónica (Colômbia), Mónica (México), Christina (Nigéria), e Priscila (Singapura). Além disso, Rayito e Barania, missionárias do México e do Perú, vão regressar após alguns anos de missão em Taiwan, México e Perú, voltando à formação académica.

Do lado dos missionários, seis irmãos vão juntar-se à comunidade estudantil. Para iniciar os seus estudos no ITVD, chegam desde o México, José Alfonso e Luis Enrique, Agustín da Nigéria e Simeón dos Camarões. E para continuar a sua formação académica, regressam o Christian (Congo) e o Hugo Aldape (México), ambos em missão em Puebla, México.

Mas a nossa alegria transborda por completo quando vos contamos que este ano Deus está a abençoar-nos com a chegada de dois casais missionários, que também se juntarão a nós na formação teológica. Este é um evento que não acontece todos os anos, e por isso, esta ocasião é muito especial. Estamos a referir-nos a Benito e Ligia da Guatemala que, assim como Orlando e Inés da Colômbia, se juntam, com os seus filhos, ao ritmo formativo deste centro missionário.

Para o nosso fundador, Jaime Bonet, a preparação académica foi sempre muito importante, sobretudo quando se trata de proclamar a Palavra, pelo que teve o cuidado especial de que os membros dos três ramos que compõem a Fraternidade tivessem a mesma preparação filosófico-teológica, porque a tarefa de ensinar a Boa Nova nasce do encontro vivo com o Ressuscitado mas requer uma pedagogia correcta que a ajude a levar a homens e mulheres de todas as raças, línguas, povos e nações, e para isso, não devemos poupar tempo de preparação e formação integral.

Obrigado a todos por rezarem ao Senhor da messe para enviar trabalhadores, obrigado também pela vossa colaboração que nunca se faz esperar, mas sobretudo obrigado a Deus por nos chamar a estar com Ele e por nos enviar a pregar.

0 comentarios

Enviar un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.