TESTEMUNHO DA SHIOMARA

por | Mar 25, 2021 | Sin categoría | 0 Comentarios

A Shiomara terminou os seus estudos teológicos no ITVD, realizou a sua profissão de votos perpetua, no seu país (Colômbia), no passado 20 de março e já tem destino: Puente Piedra (Perú), para trabalhar com os mais desfavorecidos e levar-lhes a Palavra. Fique com o seu testemunho.

Um cumprimento especial a todos os colaboradores do CREA VD! Sou Jasmith Shiomara Zapata, uma missionária colombiana; finalizei a minha etapa de formação teológica em Loeches graças ao vosso apoio económico, à oração, presença, testemunho, etc.

Durante os meus estudos em Loeches tive a oportunidade de formar parte da equipa do CREA VD e apoiar durante vários anos com o meu trabalho numa das suas áreas, especialmente na parte da Base de Dados.

Foi uma experiência muito valiosa, de trabalho em equipa, de tomar consciência do que é ser família VD universal, uma família estendida aos 5 continentes, de fazer nossas as necessidades dos nossos irmãos que estão noutros lugares do mundo. Também foi importante poder perceber a riqueza do nosso carisma e o desejo de que a Palavra de Deus possa chegar a mais e mais pessoas que têm sede da Boa Notícia.

Trabalhar no CREA VD levou-me a aproximar-me deste trabalho com cada vez mais delicadeza, na oração, dando graças a Deus por cada pessoa que, com esforço, amor e generosidade, realiza um donativo para os projectos que lança a equipa do CREA VD.

Deus foi despertando em mim a chamada a orar por cada colaborador, a pedir pela sua família, pelas suas necessidades, pelas suas lutas, as suas alegrias e as suas tristezas. Muitos dos colaboradores não me conhecem, ou eu não os conheço, mas ao encontrar os seus nomes num ecrã (pelo meu trabalho na Base de Dados), não via letras ou números, mas via as pessoas, as famílias, as vidas que são sagradas para Deus. Orar por cada um destes nomes era uma forma de exercer o meu carisma de oração e ministério da Palavra.

Agradeço a Deus por cada nome que escreveu no meu coração, por forjar em mim, desta maneira tão especial, um coração mais universal e missionário.

0 comentarios

Enviar un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *